14 de Outubro de 2017 Cícero Araújo
Imprimir    E-mail

Amanhã. População de 10 estados e DF vão adiantar em uma hora os relógios

 

Começa à zero hora de amanhã o horário de verão, quando os relógios têm de ser adiantados em uma hora, nas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste do país. No Nordeste/Norte não haverá a necessidade de alterar os ponteiros dos relógios. O novo horário vai durar até 17 de fevereiro de 2018. 
 
Na Paraíba, durante o horário de verão as agências bancárias vão abrir às 9h e fechar às 15, para seguir o horário bancário nacional. Os horários de voos para quem saem do estado também mudam, mas as companhias aéreas informam que já providenciou os novos horários nos bilheres. A programação das TVs também ficam mais cedo uma hora.
 
Este pode ser o último horário de verão no Brasil, pois estudo do Ministério de Minas e Energia e do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) mostrou que o programa vem perdendo efetividade.
 
Criado com o objetivo de economizar energia, o governo chegou a discutir não fazer o horário de verão neste ano. Com mudanças no perfil de consumo, os horários de pico de uso de eletricidade passou para o período da tarde, quando mais aparelhos de ar condicionado são ligados.
 
A economia com o horário vem, principalmente, pelo fato de que a iluminação é acionada mais tarde do que normalmente o seria. Segundo dados do Ministério de Minas e Energia, o horário de verão 2016/2017 gerou ganhos da ordem de R$ 159,5 milhões, decorrentes da redução do acionamento de usinas térmicas durante o período de vigência.

 

 
 
 
Redação 

 



« Voltar
 
Voltar ao topo ↑