5 de Outubro de 2017 Cícero Araújo
Imprimir    E-mail

Primeira reunião arbitral do paraibano termina sem resultado

Foram duas horas de reunião para não decidir nada. Dirigentes da Federação Paraibana de Futebol (FPF) e dos clubes que vão participar do Campeonato Paraibano 2018 pararam na indefinição das datas para as Copas do Nordeste e do Brasil. Os cartolas ainda discutiram sobre o início da competição e avaliaram três possíveis fórmulas de disputa.

Com isso, um novo encontro está programado para o dia 16, para novas discussões. As propostas apresentadas, de acordo com o presidente da FFP, Amadeu Rodrigues, ainda precisam de uma definição sobre as datas que serão estabelecidas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), para a competição regional.

Entre as datas de início do Campeonato Paraibano do próximo ano estão 7, 14, 17 e 21 de janeiro. A discussão sobre a fórmula de disputa que também não avançaram e as propostas são as seguintes: a manutenção do mesmo regulamento de 2017, com apoio de Treze, Campinense e Sousa. O Botafogo quer um certame só com jogos de ida. Ainda citado o modelo de pontos corridos, com 18 datas.

Os dirigentes consideram ter sido apenas uma reunião informativa e que no próximo encontro serão definidos todos os detalhes da competição. Uma certeza, de acordo com o presidente da FPF, será a necessidade de diminuir as datas, como determina o calendário do futebol brasileiro.

Além dos representantes dos dez times que compõem o Conselho Arbitral para aprovar a competição oficial (Auto Esporte, Atlético de Cajazeiras, Botafogo, Campinense, CSP, Desportiva Guarabira, Nacional de Patos, Serrano, Sousa e Treze), a reunião contou com o Internacional. O Colorado ganhou o direito por força de liminar concedida pelo Tribunal de Justiça Desportiva, já que é parte interessada num processo que pode excluir o CSP da competição.

 

 

Por Franco Ferreira 

Foto Geraldo Varela/PFP 



« Voltar
 
Voltar ao topo ↑