5 de Outubro de 2017 Cícero Araújo
Imprimir    E-mail

Vigilante de escola é preso suspeito de estuprar enteada de dez anos na Paraíba

De acordo com o delegado Demétrius Lima, a polícia começou a apurar os abusos a partir de uma denúncia do Conselho Tutelar e os estupros foram confirmados por laudos médicos e depoimentos da vítima

Um vigilante de uma escola pública de Patos, município do Sertão paraibano, a 315 quilômetros de João Pessoa, foi preso na noite dessa quarta-feira (4) suspeito de estuprar a enteada, uma menina de dez anos de idade. O crime era praticado na casa da família, no município de São José do Bonfim, também no Sertão, a 336 km da Capital, onde a menina era abusada desde os nove anos.

Leia também: Homem é preso suspeito de estuprar e engravidar enteada de 14 anos, no Sertão

De acordo com o delegado Demétrius Lima, que investiga o caso, a polícia começou a apurar os abusos a partir de uma denúncia do Conselho Tutelar e os estupros foram confirmados por laudos médicos e depoimentos da vítima.


Porém, o suspeito havia sumido de casa quando soube que estava sendo investigado, mas foi encontrado por policiais quando estava entrando na escola onde trabalha.

Levado para prestar depoimento, o suspeito negou que havia abusado da enteada, mas foi preso e encaminhado para o Presídio Romero Nóbrega, em Patos, para cumprir prisão preventiva.

Este é o segundo caso registrado só nesta semana na Paraíba. Nessa terça, um homem foi preso suspeito de estuprar e engravidar a enteada de 14 anos, em Cajazeiras, também no Sertão. 

 

 

 Por Halan Azevedo 



« Voltar
 
Voltar ao topo ↑