6 de Dezembro de 2017 Cícero Araújo
Imprimir    E-mail

Deputado e filho ex-prefeito serão investigados por compra de votos na PB

De acordo com a denúncia, os políticos teriam realizado pagamento de contribuições sindicais de trabalhadores rurais do município como forma de captar votos

O deputado estadual, Arnaldo Monteiro (PSC), e o filho, o ex-prefeito de Esperança, Anderson Monteiro, também do PSC, estão sendo apontados como suspeitos de terem praticado compra de votos nas eleições de 2016. A decisão é da Procuradoria Geral Eleitoral na Paraíba e foi publicada na  página 6 do Diário da Justiça Eletrônico, dessa terça-feira (5). Confira aqui.

De acordo com a denúncia, os políticos teriam realizado pagamento de contribuições sindicais de trabalhadores rurais do município como forma de captar votos no pleito em que Anderson disputava a reeleição.

A partir da publicação da decisão, a Polícia Federal terá um prazo de 60 dias para concluir as diligências solicitadas pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).

Em 2016, Anderson obteve 44,29% dos votos e não conseguiu se reeleger. Ele foi derrotado pelo atual prefeito Nobinho Almeida,do PSB, que recebeu 54,41% dos votos do pleito.

 

 

Redação 



« Voltar
 
Voltar ao topo ↑