A inadimplência sobre o pagamento do licenciamento de veículos na Paraíba tem registrado um aumento ano a ano desde 2014. No Estado, dos 1,2 milhão de carros da frota que cirulam, 533 mil estão inadimplentes, ou seja, 44,4%. Isso sem contar o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) - os dados sobre esse imposto não foram informados à reportagem.

 
É preciso também quitar todos os débitos do veículo antes de licenciar o veículo, incluindo multas e DPVAT (seguro obrigatório), além do IPVA. O Detran da Paraíba realizou recentemente um programa de recuperação fiscal (Refis), encerrado no final de julho, ainda sem números de adesões.
 
O licenciamento anual comprova que o veículo está em condições de rodar, atendendo à legislação brasileira quanto às normas de segurança, de emissões de poluentes e de ruído. Contudo, nem todos os veículos passam por uma vistoria, o que garantiria que estão aptos a circular nas ruas brasileiras. 
 
O licenciamento é um serviço que todo proprietário de veículo deve fazer anualmente e consiste na emissão de um novo Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo, também chamado de CRLV. Esse documento é de porte obrigatório, ou seja, deve estar sempre em poder do condutor, e permite a circulação do veículo em território nacional. 

 

 
 
 
Redação