Desportiva e Nacional voltam a se enfrentar no domingo, às 16h, no Estádio Sílvio Porto, em Guarabira

 

Enquanto a Desportiva se apega ao bom aproveitamento em casa para reverter a desvantagem de dois gols em relação ao Nacional de Patos para o jogo de volta da final da Segunda Divisão do Campeonato Paraibano, o time sertanejo tem mais um dado que o deixa ainda mais favorito ao título. Na história dos confrontos entre as duas equipes, o Verdão Maravilha jamais foi derrotado.

De 2006 (data do primeiro encontro) até aqui, foram 11 jogos, com seis vitórias do Nacional e cinco empates. O Verdão Maravilha tem aproveitamento de 69,6%. O time hoje comandado por Marcos Nascimento também leva vantagem no quesito gols marcados, com 18 a favor e apenas oito contra.

Além do histórico positivo, a grande campanha do Naça na Segundona deste ano é mais um ponto positivo da equipe de Patos. O time disputou nove jogos, com oito vitórias e apenas um empate. Já a Desportiva entrou em campo 11 vezes, com seis triunfos, um empate e quatro derrotas.

Desportiva e Nacional voltam a se enfrentar no domingo, às 16h, no Estádio Sílvio Porto, em Guarabira, em jogo que vai decidir quem vai levantar o troféu da Segundona. Por ter vencido os 90 minutos por 2 a 0, a equipe sertaneja pode até perder por um gol de diferença que fica com o título.

Vai lotar?

Os ingressos já estão à venda para a decisão no Sílvio Porto. As entradas custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). A torcida da Desportiva promete fazer grande festa na arquibancada, assim como os nacionalinos, que deram um show no José Cavalcanti.

 

Retrospecto de Nacional x Desportiva

Foto: Retrospecto de Nacional x Desportiva

Créditos: Ilustração Correio

 

 

 

Por Allan Hebert, do Jornal Correio da Paraíba